Da porta do céu há uma caminho para o inferno

"Fiquei surpreendido; mas serviu-me isto de importante lição, pois fiquei sabendo que da porta do céu há caminho para o inferno" — John Bunyan

Ao encerrar a célebre obra "O Peregrino" John Bunyan nos apresenta uma declaração extremamente impactante e, por que não, perturbadora. "... da porta do céu há caminho para o inferno".

Diante desta aterradora afirmação poderíamos nos questionar se há a possibilidade de descansarmos na certeza de nossa salvação.

Será que podemos nos reconfortar com a promessa de Cristo, "...e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão" (João 10:28)?

Todo aquele que invocar será salvo

O Apóstolo Paulo, ao tratar sobre a justiça proveniente de Jesus Cristo, declara que "... todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo" (Romanos 10.13).

Paulo é extremamente claro tratar sobre a justificação em Cristo Jesus, é com base nos méritos de Jesus Cristo que alcançamos a salvação de nossas almas.

Jesus cumpriu toda a lei e, pela fé nEle, somos justificados por Deus (Romanos 10.4).

Ainda em sua carta aos romanos o Apóstolo Paulo questiona "Quem nos separará do amor de Cristo?" (Romanos 8.35). Nada nos separará de Seu eterno amor.

E, diante desta realidade, podemos descansar na promessa de Cristo, na certeza de nossa salvação e na garantia de que alcançaremos a glória eterna.

Mas então John Bunyan se equivocou? Não, com toda certeza não!

Da porta do céu há um caminho para o inferno

Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?

"E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade" — Mateus 7:22-23

Ao chamar seus discípulos para entrarem pela porta estreita o Senhor Jesus lhes alerta "Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores" (v. 15)

Cristo ainda assevera que nem todo aquele que diz "Senhor, Senhor" irá entrar em Seu Reino.

Tanto Bunyan quanto Jesus aponta para o mesmo grupo de pessoas, homens e mulheres que até aparentam ser discípulos do Mestre, mas interiormente estão longe dEle.

Suas bocas até anunciam a Palavra, mas seus corações estão voltados para a iniquidade, para uma vida longe de Deus.

John Bunyan descobre que há um caminho para o inferno nas portas do céu ao ver Ignorância um homem que, confiando no barqueiro Vã-Esperança, atravessou o rio rumo à Cidade Celestial.

Contudo, ao contrário de Peregrino, Ignorância confiara em si mesmo, em sua própria força. Não havia retornado até a porta estreita, não havia se ajoelhado diante do Calvário e, por isso, não havia sido transformado por Cristo.

Assim como aqueles que clamam "Senhor, senhor", mas não obedecem a vontade do Pai Eterno, Ignorância jamais entraria na Cidade Celestial por seus próprios esforços, jamais alcançaria o favor divino por seus próprios méritos.

Há um caminho para o inferno nas portas do céu, há um caminho para a perdição nas portas do Reino visível de Cristo Jesus, que é a Sua Igreja na Terra.

Bem-vindo ao Projeto Euaggelion, somos uma iniciativa independente de proclamação das boas novas do evangelho de Jesus Cristo. Nosso site tem o propósito de ser sua fonte inspiradora para o anúncio do evangelho de Jesus Cristo. Explore nossa plataforma com conteúdos semanais, incluindo devocionais diários, artigos teológicos e estudos verso a verso das Sagradas Escrituras. Junte-se à uma comunidade comprometida com o crescimento espiritual e a disseminação da mensagem transformadora do Evangelho.